Páginas

Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Um dia daqueles - ou como envelhecer 10 anos em 30 minutos



Saca só como foi a minha última quarta-feira (também como conhecida como “ontem”).
Combinei de fazer uma jantinha pra umas amigas que iam em casa, lá pelas 19h30. O problema é que eu chego em casa às 18h30 e o cardápio incluía um rocambole de carne que geralmente demora pra assar. Ou seja, correria!

Cheguei em casa, dei um beijo e um abraço na Clara e corri pra cozinha. Enquanto a Rose ajudava a distraí-la lá na sala, eu preparei e coloquei a carne pra assar, fiz o molho pro nhoque (fiz nada, era daqueles prontos, só dei uma incrementada, sabe como?).

Terminei e pedi pra Rose providenciar um arroz, enquanto eu corria tomar um banho de gato. Pra não deixar a Clara lá perto do fogão, chamei a pequena pra ir pro quarto me fazer “companhia” enquanto eu tomava banho.

Abri a porta do quarto, ela entrou com a minha chave na mão. Daí escutei meu celular apitar lá na cozinha, voltei pra pegá-lo e responder a mensagem das meninas que já estavam à caminho. Volto pro quarto e escuto a Clara mexendo em algo no banheiro (ela adora abrir e fechar as gavetas, tirar as coisas de dentro e jogar no cesto de roupa suja, até aí tudo certo).  Tiro a blusa, um pé da bota e....ouço um barulho de água. Coração para de bater por uns segundos e eu penso: “a única “agua empoçada” a que ela tem acesso no banheiro é, claro, a da patente!

Saí correndo, um pé de descalço o outro não, só de sutiã e me deparo com a criaturinha tentando pegar a minha chave que ela tinha jogado lá dentro da privada, junto com uma embalagem de escova de dente e um daqueles plastiquinhos com cera pra depilar o rosto, sabe?

- “Claraaaa”

E ela saiu correndo, dando risada, com a mão molhada (nojo define). E eu fui atrás, correndo pra alcançá-la. Daí faz o que além de dar uma bronca, dizer que não pode e lavar a mão da criança com bastante sabão?

Enquanto tentava fazê-la parar quieta pra lavar a mão direito, ela tentava desesperadamente me “avisar” da chave que estava lá brilhando no fundo da privada, que deveria estar tampada, mas alguém preferiu esquecer aberta aquele dia.  - “Beleza, já vi Clara”, com cara de poucos amigos.

Peguei um palito de churrasco e “pesquei” a chave lá de dentro, que passou por um rigoroso processo de lavagem e descontaminação (só que não) e voltou pra cima da mesa de onde não deveria ter saído. Tudo sob o olhar atento da Clara, que se divertia achando que aquilo ali era uma brincadeira muito da engraçada.

Beleza, caos resolvido, filha e chave descontaminadas, fui pro banho. Mas antes mudei de planos, pedi pra ela ir brincar com a Rose e fechei a porta do quarto. Dois minutos depois e banho tomado, já escutava os gritos de “mamãííí” dela e o “toc toc” na porta (ela aprendeu a bater na porta com a mãozinha fechada, gracinha).

Abri e ela entrou toda faceira. Enquanto eu me trocava, ela se esticava pra pegar os potes de creme, perfumes e outras coisas de dentro do meu guarda-roupa. Eu vestia uma peça de roupa, tirava um frasco de perfume da mão dela, pegava uma blusa e tirava um frasco de creme da mão dela....e assim sucetiva e exaustivamente . Até que cansei, fechei a porta do guarda roupa (como se ela não soubesse abrir), falei que não era pra mexer em mais nada e voltei pro banheiro para buscar um pente.

Dez segundos depois, volto pro quarto e escuto um som de quem está comendo algo. Pensei comigo: “no mínimo ela ta comendo um pedaço de bolacha que achou perdido – e no máximo um inseto qualquer. De boa”. Quem nunca? Mas nãããooo, ela estava experimentando o meu protetor solar!!!!! Meu coração parou de bater por alguns segundos, de novo e num intervalo de menos de 20 minutos.

Dei um tapa que jogou longe o protetor, catei ela como quem pega um saco de feijão debaixo do braço e corri pro banheiro. Lava bem a boca, olha pra ver se tem protetor solar lá dentro. Não tinha sinal, mas eu sabia que pelo menos um pouquinho ela tinha experimentado, pela cara de alegria dela.

Daí a mãe louca pensa o quê? Em ligar pra médica? Levar pro hospital? Chamar o Corpo de Bombeiros? Fingir que desmaiou pra não ter que lidar com aquilo? Não, as visitas estão chegando, bora tomar bastante água pra diluir esse protetor lá dentro do estômago e evitar qualquer problema maior! Bela mãe que eu sou, hein?

Ela não queria beber a água de jeito nenhum – claro, aquele creminho branco e cheiroso é muito mais gostoso – mas tomou mesmo assim. E eu só sabia dizer: “porque você fez isso?”, “não pode, filha”, “você comeu mesmo?” “tava bom?”.

A esta altura estava eu lá, descabelada, cara lavada, com a blusa toda amassada já... e as amigas tocando o interfone lá embaixo. Sobrevivemos à noite, mas ganhei mais uma meia dúzia de cabelos brancos! Como se eu já não tivesse o suficiente...

Entre contaminados e descabelados, salvaram-se todos!

7 comentários on "Um dia daqueles - ou como envelhecer 10 anos em 30 minutos"

Vanessa Elaine Ribeiro da Silv disse...

Ai Mari, que engraçado... A Clara está espertá, uma fofa, é assim mesmo, dizem que depois dos 2 anos vai melhorando lentamente, vamos torcer né ... :) Beijos na fofucha linda

Mamãe Nádia disse...

Oie!!!

Não esquece que domingo é o dia da nossa blogagem coletiva de dia das mães, da série "Mamãe tá de Olho", com o tema "cotidiano de mãe". Faça um post com vídeo, fotos ou apenas relatos de como é seu cotidiano. Fale sobre os momentos rotineiros do seu dia-a-dia que são tão importantes na vida de uma mãe. Muitas vezes é o beijo de boa noite antes de dormir, ou a leitura de uma história...Compartilhe quais são os pequenos momentos da sua vida que te fazem se sentir uma boa mãe.

Essa BC será uma grande oportunidade de nos conhecermos melhor, nos identificarmos ao vermos que passamos por muitas coisas parecidas (ou não!) e nos encontrarmos no domingo, visitarmos todos os blogs participantes pra desejarmos um feliz dia das mães, umas às outras! Uma boa oportunidade pra fazer novas amigas blogueiras também!

Participe, não fica de fora não!! Vou esperar o seu post...e domingo estarei por aqui!

Tenha um ótimo final de semana!!

Beijos!

www.asosmamaenadia.com

camila disse...

Hauahauahauahauhauahauahauhaauhauahaua menina, ela tá demaaaais!
A Tássia contou q ela tá super falante! Fofa! Beijo

Thúlio Khácio on 14 de maio de 2013 09:42 disse...

Nossa! Vc escreve super bem!! E mesmo sedi situações que deixa qualquer mãe de cabelo em pé, a forma que você desenvolve o assunto... Chega a ser Hilário! Rsrsrs parabens por saber líder com as descobertas de Clara!

najara disse...

eu ri tanto!!! que não vejo a hora do meu Gustavo começar a aprontar!!!
eu acredito q criança arteira é criança saudável!
Parabéns!!!!!

sabrina luz disse...

Juro que visualizo cada cena como se eu tivesse ali com vcs.... Mas também não é difícil não, aqui em casa é a mesma coisa! Eu amo o jeito que vc escreve e me desdobro de rir! Já viu que se fosse num dia normal tudo seria mais tranquilo? É o tal do Murphy que apronta essas com a gente... Sinal de que nossas pequenas estão crescendo e descobrindo o mundo!
Com cabelos brancos ou não continua linda viu magrela?!

Beijosssssss

Raquel disse...

Oi Mari, tudo bem? Menina, há quanto tempo... e quando venho tem toda essas novidades da Clarinha. Mas quem é mãe te entende e sabe que todos os dias a gente ganha novos cabelos brancos. A Luisa é expert em comer sabonetes... vai entender? Grande beijo

Raquel

www.eudonadecasa.com.br

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Caderninho da Mamãe Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez